CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

Roberto Freire critica manifestações pró-governo e conclama forças democráticas a lutarem pelo Estado de Direito

Reprodução

"Ato tem propósito golpista por tentar atingir os Poderes Legislativos e Judiciário", diz Freire

O presidente do Cidadania, Roberto Freire (SP), criticou por meio das redes sociais as manifestações programadas para o próximo domingo (26) em apoio ao governo Bolsonaro, e afirmou que o ato representa uma afronta contra as instituições democráticas e os poderes da República. Para Freire, o apoio dado pelo próprio presidente ao ato revela um viés antidemocrático e politicamente irresponsável. Ele afirmou que as forças democráticas brasileiras devem lutar pelo Estado de Direito.

“Propósito golpista”

“Um presidente da República compartilhar e portanto endossar/convocar manifestação contra os outros Poderes da República é ser comprovadamente um antidemocrata e politicamente irresponsável. A evidência de que não tem competência para ser presidente é plena e total. O que está evidente também é sua falta de respeito à Constituição e às instituições democráticas, conforme se depreende da manifestação golpista convocada por bolso-olavistas e contando com seu beneplácito”, disse.

“Propósito golpista”

O dirigente lembrou que o direito de manifestação é garantido pela Constituição, mas que o ato tem propósito golpista por tentar atingir os Poderes Legislativos e Judiciário.

“Ninguém está propondo proibir manifestação alguma. Digo que ela está convocada com propósitos nitidamente golpistas, contra instituições democráticas e poderes da República. Nas manifestações do impeachment [de Dilma Rousseff ] havia adeptos do golpe militar, mas nunca convocada com “simpatia” palaciana. Claro que na democracia todos são livres para se manifestarem de acordo com a Constituição. O que estamos contestando são as posições golpistas contra os Poderes Legislativo e Judiciário dos bolsonaolavistas e do próprio Bolsonaro. E daí a necessidade de denunciar tais propósitos”, afirmou.

Apoio democrata

Freire conclamou as forças democráticas do País a lutarem em defesa do Estado de Direito e suas instituições para impedir intenções golpistas de apoiadores de Jair Bolsonaro. Ele também saudou aliados do governo a se posicionarem contrários à manifestação.

“O País necessita neste momento que todas as forças democráticas, sejam de direita, centro ou esquerda, busquem lutar por uma frente de defesa do Estado de Direito, suas instituições e pela continuidade do processo democrático, impedindo intentos golpistas dos bolsonarolovistas. Alguns apoiadores do presidente Bolsonaro, e já começam a ser numerosos e representativos – destaques para o MBL [Movimento Brasil Livre], [partido] Novo e [deputada estadual] Janaína Pascoal -, se posicionam contrariamente à manifestação governista com apoio de Bolsonaro. É preciso saudar as atitudes corajosas que contestam manifestações de rua com propósitos antidemocráticos e golpistas. E mais, a lucidez com que enfrenta estultices e messianismos”, ressaltou.

 

Deixe uma resposta