PARTIDO POPULAR SOCIALISTA

PORTAL NACIONAL

Para líder do PPS no Senado, reforma da Previdência pesa sobre os mais pobres

Geraldo Magela/Agência Senado

Trata-se de um engodo reduzir a idade para o recebimento do BCP, critica a senadora do PPS

A líder do PPS no Senado, Eliziane Gama, criticou nesta quarta-feira alguns pontos da reforma da Previdência proposta pelo governo federal ao Congresso Nacional. Para ela, trata-se de um engodo reduzir a idade para o recebimento do Benefício de Prestação Continuada (BPC), de 65 para 60 anos, já que o governo vai pagar apenas R$ 400.

Sobre o aumento da idade da mulher do campo para aposentadoria rural, igualando com a do homem, a senadora destacou que a proposta não respeita a dupla jornada de trabalho da mulher e “pesa a mão sobre os mais pobres”. Para Eliziane, os mais pobres não foram priorizados.

“Houve elevação da idade da mulher trabalhadora rural de 55 para 60 anos, elevação da idade para receber salário no BPC de 65 para 70 anos e a redução do valor mínimo do BPC para R$ 400”, rechaçou a parlamentar.

Contudo, Eliziane destaca a importância para aprovação da reforma da Previdência, mas enfatizou que ajustes serão necessários. (Assessoria da Parlamentar)

Deixe uma resposta