CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

Campo Mourão (PR) avança no ranking da gestão da transparência e acesso à informação

Na avaliação das cidades acima de 50 mil habitantes, incluindo capitais, Campo Mourão (PR) obteve nota 8,84, ficando em sexto lugar no Paraná e em 87º no Brasil no ranking de gestão da transparência e acesso à informação, de acordo com o resultado da Escala Brasil Transparente – Avaliação 360º – da CGU (Controladoria Geral da União)

Dentre os municípios que receberam pontuação na última avaliação, a cidade administrada pelo prefeito Tauillo Tezelli, do PPS, é o segundo no País que mais avançou em termos de nota, passando de 2,22 para 8,84, uma diferença de 6,62 pontos, o que fez com que a cidade ficasse entre os 100 municípios brasileiros mais bem avaliados.

A iniciativa busca verificar o grau de cumprimento de dispositivos da LAI (Lei de Acesso à Informação) e de outros normativos sobre transparência nos estados e no Distrito Federal.

“Na avaliação geral, Campo Mourão saltou da posição 1.301ª para a 87ª, avançando 1.214 lugares”, observa a responsável pelo portal da Transparência, Adriana Smaha.

“Em 2016, a quantidade de itens avaliados era bem menor. Este ano [2018] vou com questões que abrangem a transparência ativa e passiva. Mesmo com maiores exigências e número de itens avaliados, conseguimos uma ótima colocação”, completou Adriana.

Segundo ela, esse resultado se deve a diversas ações realizadas pela administração municipal para facilitar o acesso da população às informações da prefeitura. Uma delas é a publicação do Decreto nº 7698, de 29 de junho de 2018, que regulamenta a LAI.

Além de observar o cumprimento da LAI, disponibilizando todas as informações exigidas por lei, em sua maioria em tempo real, a administração municipal tem buscado implementar ainda mais o acesso à informação, ampliando o atendimento à Transparência Ativa, com ações efetivas, como disponibilização das receitas por contribuinte; divulgação das informações sobre a central de vagas da Secretaria da Educação; transmissão ao vivo das licitações, dentre outros.

Deixe uma resposta