PARTIDO POPULAR SOCIALISTA

PORTAL NACIONAL

PPS de Sergipe realiza ato simbólico de filiação de senador e integrantes da Rede

Reprodução

O encontro contou com a participação de políticos e lideranças do estado

O PPS de Sergipe realizou, nesta última quarta-feira (19), ato simbólico para receber a filiação de integrantes da Rede como o senador eleito Alessandro Vieira, os deputados estaduais eleitos Georgeo Passos e Kitty Lima, vereadores, dentre outros. Participaram do encontro o secretário de Finanças do PPS representando a direção partido, Regis Cavalcante (AL), a senadora eleita, Eliziane Gama (MA), o senador Davi Alcolumbre (DEM) e políticos e demais representantes da sociedade civil do estado.

Na abertura do evento, Alessandro Vieira destacou que o principal motivo para a troca de partido seria o fato da Rede não ter atingido a cláusula de barreira. Ele afirmou que o PPS sempre esteve alinhado com as demandas da sociedade brasileira.

“É preciso reconstruir a política”

“É preciso somar gente de bem para reconstruir a política. A Rede não atingiu a cláusula de barreira e por não ter atingido gera consequências que inviabiliza a campanha de 2020 que será importante para implementar avanços e renovações. O PPS abriu as portas sem nenhum tipo de reparo. Garantido os princípios que nos consagrou aqui em Sergipe. PPS realizará um Congresso para mudar o seu nome e estatuto. Desde o PCB é um partido que sempre soube se remodelar com as demandas da sociedade. Agora recebe os movimentos de renovação do Brasil e uma camada de políticos que tem condições de fazer história aqui e em Brasília”, disse.

Nova formação

Regis Cavalcante agradeceu a participação dos presentes e felicitou a filiação dos novos integrantes do PPS. Ele ressaltou o dinamismo do partido ao fazer uma breve análise da história do PPS e de seus projetos futuros como a troca de nome e a criação de um novo estatuto conectado com os anseios da sociedade.

“PPS possui posicionamentos claros”

“Em nome do nosso presidente nacional [do PPS] Roberto Freire trago a nossa satisfação e alegria para que neste ato de filiação dos novos integrantes ao partido. Buscamos uma nova formação para o partido. Aquilo que trabalhamos desde 1922, com o PCB, resolvemos fazer esse novo ajornamento político na vida partidária. Somos um dos partidos mais antigos do País. Precisamos renovar e discutir com profundidade a questão civilizatória. O PPS se apresentou todos esses anos com posicionamentos claros. Precisamos avançar, prezar a democracia e o respeito a cidadania. Daquilo que imaginamos que é o mais caro ao povo brasileiro: o respeito ao estado de direito democrático”, defendeu.

Dia histórico

Já a senadora Eliziane Gama afirmou que o ato de filiação representa um dia histórico para o PPS com a chegada de novos integrantes.

“Eu pessoalmente fiquei emocionada. A Rede tem uma história muito semelhante ao do PPS. Receber um senador, dois deputados estaduais, vários vereadores e lideranças da sociedade civil é algo histórico. O ato de hoje representa uma demarcação de um novo momento do PPS. Teremos ai o Congresso [extraordinário] que viabilizará um novo nome e a reformulação do estatuto para receber esses novos atores. É preciso construir uma proposta de Brasil. Um projeto para o Brasil num momento necessário. Estamos num momento que não sabemos muito bem o que ocorrerá nos próximos meses e anos. Nossa torcida é q ocorra o melhor”, disse.

Deixe uma resposta