PARTIDO POPULAR SOCIALISTA

PORTAL NACIONAL

Revista Política Democrática online de novembro repercute eleição de Bolsonaro

Reprodução

A edição de novembro da revista Política Democrática online (veja aqui) chega ao público com 10 artigos e uma entrevista exclusivos sobre os cenários políticos brasileiro e norte-americano após a eleição do deputado federal Jair Bolsonaro (PSL) para a Presidência da República para o mandato de 2019 a 2022.

Em formato multimídia, a publicação traz ainda uma reportagem especial sobre a vida de pessoas em situação de rua, a forma como elas movimentam uma economia marginalizada e o desmonte das ações de atendimento a esse segmento da população em Brasília.

No destaque desta edição, a entrevista com o sociólogo Sérgio Abranches mostra que a direita inicia novo ciclo de poder com a vitória do ex-capitão do Exército para a presidência.

“Agora, voltará a haver oposição orgânica, com o PT centrado no PSL e no Bolsonaro. Isso muda a dinâmica do jogo político, das relações entre o legislativo e o executivo”, diz ele, em um dos trechos. “Será um duro teste às instituições, à democracia. Mas acho que a Constituição de 1988 nos legou instituições que se revelaram suficientemente robustas ao longo de vários traumas”, acrescenta.

Produzida e editada pela Fundação Astrojildo Pereira (FAP), vinculada ao Partido Popular Socialista (PPS), a revista critica, em seu editorial, a escolha do embaixador Ernesto Araújo para a chefia do Ministério das Relações Exteriores.

“A julgar pelos escritos do futuro ministro, diretrizes da política externa passarão a ser o antiglobalismo e o alinhamento com o governo americano, o nacionalismo econômico, a desconfiança em relação às pautas da sustentabilidade e dos direitos humanos, além da renúncia à defesa da democracia como sistema político”, diz um trecho.

A revista também traz uma reportagem especial que conta o drama de pessoas em situação de rua na capital federal e denuncia o desmonte das políticas públicas na área de assistência social no Distrito Federal. Dados obtidos pela revista Política Democrática online por meio da Lei de Acesso à Informação mostram que, em 2018, o governo voltou a reduzir as verbas do setor, alcançando o segundo pior investimento em dez anos, atrás apenas dos que foram efetivamente realizados em 2016. No DF, segundo dados oficiais, chega a 3,5 mil o número de pessoas em situação de rua nesta época do ano.

Entre os artigos publicados, os analistas políticos colaboradores da revista abordam diversos temas relacionados ao atual momento político brasileiro e internacional, a partir da ótica das eleições legislativas norte-americanas. Outros assuntos relevantes e de interesse públicos também estão contemplados nesta edição, como é o caso das fake news, a ampliação da desigualdade e o conservadorismo no Congresso Nacional, assim como as reservas internacionais e o ajuste fiscal. (Assessoria FAP)

Veja abaixo relação de todos os conteúdos da edição de novembro da revista Política Democrática online com respectivos autores.

Editorial – Política em tempos sombrios

Artigo – As reservas internacionais e o ajuste fiscal (Paulo Guedes): José Luis Oreiro

Artigo – O Congresso mais conservador desde a redemocratização: Antônio Augusto de Queiroz

Charge – E agora as notícias de Brasília: Jcaesar

Artigo – Lições do DIC na era Collor: Luiz Paulo Vellozo Lucas

Entrevista Sérgio Abranches – Vitória do ex-capitão do Exército encerra disputa PT X PSDB (André Amado, Caetano Araújo, José Carlos Lima, Davi Emerich, Lucas Brandão e Priscila Mendes)

Artigo – Bolsonaro – Uma epifania digital em rede: Paulo Baía

Artigo – As doces, atraentes e estimulantes fake news (Sérgio Denicoli)

Artigo – Ampliação da desigualdade não é um problema econômico (Vinícius Müller)

Artigo – Depois das urnas, oposição democrática (Alberto Aggio)

Reportagem – Pessoas em situação de rua na economia marginal (Cleomar Almeida)

Artigo – Reação anti-trump marca eleições legislativas dos EUA (José Vicente de Sá Pimentel)

Artigo – Para uma crítica do tempo presente (Luiz Sérgio Henriques)

Artigo – Contemporâneos do futuro (Roberto Freire)

Deixe uma resposta