CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

Daniel Coelho defende menos entraves para empreendedorismo

Robson Gonçalves

Parlamentar diz que excesso de legislação atrapalha empreendedores

O deputado federal Daniel Coelho (PE), vice-líder do PPS na Câmara, defendeu, em discurso no plenário, nesta segunda-feira (12), uma mudança de perspectiva dos parlamentos, tanto federal quanto locais, no sentido de evitar fazer leis que compliquem ainda mais a vida dos empreendedores no País.

“Se passássemos os próximos quatro anos desfazendo leis que só atrapalham o povo brasileiro, não daríamos conta de transformar o Brasil em um ambiente de empreendedorismo real”, afirmou.

O parlamentar pernambucano quer simplificar a vida do empreendedor, principalmente os de pequeno porte, responsáveis, segundo ele, por mais de 70% dos empregos gerados no Brasil. “Falo em nome de todos aqueles que acreditam que é através do empreendedorismo que poderemos salvar a economia brasileira, gerar empregos e tirar o País da crise”, disse Daniel Coelho.

Nas últimas décadas, a vida dos pequenos empresários no Brasil foi muito difícil. O deputado do PPS fez levantamentos e descobriu que eles chegam a gastar 2.038 horas por ano para tentar cumprir o que a burocracia e as questões tributárias exigem. É o maior gasto de tempo para essa finalidade em todo o planeta.

“Entre 2000 e 2010, a Câmara, o Senado e as Assembleias Legislativas criaram 7.517 leis que interferiram direta ou indiretamente na vida do empreendedor”, informou o deputado.

Em termos de facilitação para que os empreendedores cumpram requisitos regulatórios e administrativos, o Brasil está na posição 139ª entre 140 países, ou seja, no penúltimo lugar, segundo classificação do Fórum Econômico Mundial. Por causa de dificuldades de toda ordem é que o Brasil tem mais empregados na informalidade do que dentro da lei: 34 milhões e 33 milhões, respectivamente.

Deixe uma resposta