CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

Davi Zaia diz que crítica de vice de Bolsonaro ao 13º salário e adicional de férias mostra completo despreparo

Reprodução

Campanha de Bolsonaro deveria debater aquilo que importa para o País, diz Zaia

O secretário-geral do PPS, deputado estadual Davi Zaia (SP), protestou contra as declarações do candidato a vice-presidente de Jair Bolsonaro (PSL), general Hamilton Mourão, sobre o 13º salário e o pagamento de adicionais de férias aos trabalhadores. Em palestra na Câmara de Dirigentes Lojistas de Uruguaiana (RS), nesta quarta-feira (20), Mourão criticou os benefícios previstos na lei trabalhista, que foram classificados por ele como “jabuticabas”, ou seja, só existem no Brasil (veja aqui o vídeo).

Para o dirigente do partido, as colocações de Mourão ao empresários demonstram, mais uma vez, a falta de preparo e o descompromisso da chapa de Bolsonaro com o País.

“Lamentável. Esse tipo de declaração é coisa de quem está despreparado para o cargo e mostra profunda falta de entendimento da realidade nacional. Ele confunde salário com encargos”, afirmou Zaia, que é sindicalista.

Para ele, o general da reserva mostra despreparo ou acredita que o brasileiro ganha muito e defende a redução salarial.

“Ou é despreparo ou acha que o brasileiro está ganhando muito e quer diminuir o salário. Talvez ele queira isso. É um despreparo total. Não me consta que o salário do brasileiro seja alto. Comparações internacionais mostram que o salário no Brasil não é alto quando comparado com outros países”, disse.

Produtividade e desburocratização

O parlamentar afirmou que a campanha de Bolsonaro deveria estar debatendo temas realmente importantes para o País, como a questão da produtividade e a desburocratização da atividade produtiva.

“Deveriam estar debatendo assuntos como a produtividade, a desburocratização para que as coisas possam ficar mais rápidas no País. Isso tudo é muito prejudicial para a atividade produtiva do que o salário, até porque o mercado o ajusta. Não é algo que precisa ser deliberado pelo governo, que tem de estar preocupado com a burocracia na questão da abertura e fechamento das empresas e a multiplicidade de tributos cobrados”, defendeu Zaia.

“Jabuticaba”

Na palestra no Sul, Hamiton Mourão tratou dos benefícios trabalhistas ao falar sobre “umas jabuticabas” que “são uma mochila nas costas de todo empresário”. “Jabuticabas brasileiras: 13º salário. Como a gente arrecada 12 (meses) e pagamos 13? O Brasil é o único lugar onde a pessoa entra em férias e ganha mais”, completou. “São coisas nossas, a legislação que está aí. A visão dita social com o chapéu dos outros e não do governo.”

Filiado ao PRTB – legenda que se coligou com o PSL -, o candidato a vice de Bolsonaro coleciona declarações polêmicas na disputa presidencial. Na semana passada, disse que lares pobres “com mãe e avó” eram “fábricas de desajustados”.

Deixe uma resposta