PARTIDO POPULAR SOCIALISTA

PORTAL NACIONAL

Filmes do Cineclube Vladimir Carvalho destacam o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência

A FAP (Fundação Astrojildo Pereira) divulgou, nesta quinta-feira (13), a programação dos filmes que serão exibidos ao longo de setembro no Cineclube Vladimir Carvalho, no Conic, próximo à Rodoviária do Plano Piloto, em Brasília (DF). Em alusão ao Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, celebrado no dia 21 deste mês, o filme “Colegas” será exibido na próxima terça-feira (18) e o “Bicho de Sete Cabeças”, no dia 25. As sessões começarão às 18h30. A entrada é gratuita.

As exibições dão continuidade à programação do cineclube, reaberto ao público no dia 4 de setembro, após uma ampla reforma no local. A proposta é mostrar obras cinematográficas que têm relação com o respectivo mês de exibição delas no local. Ao final das sessões, haverá rodas de conversa entre o público e especialistas.

“Colegas”

Dirigido por Marcelo Galvão e lançado em 2012, Colegas (aventura/comédia dramática) tem duração de 1h34 e conta a história de três jovens que viviam juntos em um instituto para portadores da Síndrome de Down. Um dia, eles decidem fugir para se aventurar e realizar o sonho de cada um, envolvendo-se em muitas aventuras e confusões. A classificação do filme é para pessoas a partir de 10 anos.

“Bicho de Sete Cabeças”

Já o Bicho de Sete Cabeças, dirigido por Laís Bodanzky, conta o drama vivido por pai e filho. Lançado em 2000, e com classificação para pessoas a partir de 14 anos, o filme mostra que a situação entre os dois chega ao seu limite, até que o pai decide internar o filho em um manicômio, onde o rapaz enfrenta condições terríveis de tratamento. O longa-metragem tem duração de 1h30.

Cineclube

Responsável pelo cineclube, Alexandre Marcelo Bezerra de Menezes Queiros diz que a proposta é exibir filmes brasileiros e estrangeiros no local todas as terças-feiras. Segundo ele, com isso, o cineclube volta a ser um importante ponto de difusão cultural e de produção do conhecimento, a partir dos diálogos que ocorrem ao final dos filmes.

Com capacidade para 65 lugares, o Cineclube Vladimir Carvalho fica em uma parte do Espaço Arildo Dória, onde também está a Biblioteca Salomão Malina, todos mantidos pela Fundação Astrojildo Pereira. Tudo para garantir conforto e praticidade às pessoas. Todos os filmes serão exibidos em uma tela de projeção retrátil de 150 polegadas, com imagem de ótima qualidade.

Cinema e literatura

O cineclube leva ao público de Brasília uma nova opção de fortalecimento da cultura, na opinião de Alexandre Queiros. A direção da FAP entendeu que a retomada das programações é mais uma forma de atender às demandas dos usuários da Biblioteca Salomão Malina, assim como às do público em geral, produzindo e difundindo conhecimento por meio do cinema e de obras literárias.

A biblioteca recebe, em média, 30 pessoas por dia. No local, o público tem à disposição espaços específicos para leitura e estudo, assim como mesa coletiva e ambientes individuais. Além das obras literárias, a biblioteca também disponibiliza jornais do dia (O Globo, Folha de S. Paulo, O Estado de S. Paulo e o Correio Braziliense) e revistas da semana, como a Veja e a Piauí, além de rede wi-fi grátis. Para fazer empréstimo dos livros, os interessados precisam apenas fazer um cadastro pessoalmente com apresentação de documento oficial com foto e comprovante de residência.

VEJA TAMBÉM

Brasília volta a ter cineclube de graça com nova programação

Deixe uma resposta