CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

Arnaldo Jordy pede que Justiça Eleitoral declare inelegíveis condenados por fraude no Pará

Robson Gonçalves

Parlamentar do PPS pede ação do TRE contra responsáveis por desvios

O deputado federal Arnaldo Jordy (PPS-PA) fez apelo, nesta segunda-feira (13), à Justiça Eleitoral para declarar inelegíveis gestores condenados por fraudes pelo TCE (Tribunal de Contas) do Estado do Pará.

De acordo com Jordy, cerca de 718 gestores foram declarados pelo Tribunal de Contas por desvios ou não prestação de contas, principalmente, nas áreas da saúde e da educação.

“Faço um apelo para o TRE declarar imediatamente inelegíveis todos estes gestores municipais, secretários, prefeitos, secretários que foram flagrados, condenados, portanto, por instâncias colegiadas e enquadrados na lei da ´ficha suja´”, disse o parlamentar paraense.

O valor das irregularidades chega a R$ 420 milhões, ao longo de oito anos.

“A Justiça Eleitoral deve torná-los inelegíveis para responder ao anseio cada vez mais recorrente da sociedade para não dar trégua à corrupção”, acrescentou Arnaldo Jordy.

Deixe uma resposta