PARTIDO POPULAR SOCIALISTA

PORTAL NACIONAL

Trama para soltar Lula é apenas o início do jogo sujo do PT, alerta líder do PPS na Câmara

Robson Gonçalves

Alex Manente: A população precisa estar atenta para a tentativa do PT de inverter valores

Responsáveis por iniciativas que tentam impedir as prisões após condenação em segunda instância, barrar a votação do fim do foro privilegiado e dificultar ao máximo a elucidação de crimes de corrupção por meio de delações premiadas, parlamentares do PT devem intensificar ainda mais o jogo sujo durante a disputa eleitoral. O alerta foi feito nesta terça-feira (10) pelo líder do PPS na Câmara, deputado federal Alex Manente (SP), para quem a trama ortodoxa para soltar o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é apenas o início de uma batalha ardilosa com o objetivo de tentar transformar corruptos em mártires.

“A população precisa estar atenta para a tentativa do PT de inverter valores. A trama para soltar Lula foi apenas o início do jogo sujo que o PT está botando em campo. Nessa sanha de voltar ao poder eles perseguem o juiz Sérgio Moro como se o criminoso fosse ele e não a quadrilha que se instalou no centro dos governos de Lula e Dilma. É realmente uma atitude lamentável onde vale até se valer de magistrados que já foram filiados ao partido para provocar um imbróglio jurídico vergonhoso”, afirmou Manente, se referindo ao fato de três deputados petistas terem entrando com o pedido de soltura de Lula no plantão do desembargador Rogério Favreto no Tribunal Regional Federal da 4ª Região.

O líder do PPS também lembra que partiu do PT e de seus aliados os recursos na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara que estão impedindo a votação da Proposta de Emenda à Constituição (PEC 410/2018), de sua autoria, que deixa claro na Carta Magna a possibilidade de cumprimento da pena após condenação em segunda instância.

“O PT está indo contra todas as iniciativas legislativas que visam ampliar o combate a corrupção no país. E, mesmo assim, tentam posar de vítimas e convencer os brasileiros que sofrem perseguição. A população está farta da corrupção e saberá distinguir os que defendem o cumprimento da lei daqueles que querem soltar da prisão os responsáveis pelo roubo do dinheiro público”, finalizou o parlamentar, lembrando que nesta terça-feira o Superior Tribunal de Justiça (STJ) voltou a negar um pedido de habeas corpus para Lula.

Deixe uma resposta