PARTIDO POPULAR SOCIALISTA

PORTAL NACIONAL

Alberto Aggio contesta posicionamento de líder do Podemos espanhol sobre prisão de Lula

Reprodução/TV FAP

"Lula é um criminoso e por isso está preso, depois de julgado e condenado"

“A força de persuasão do PT é enorme e se espalha pelo mundo. Abaixo (e aqui) pode-se ler a estultice postada por um dos líderes do Podemos da Espanha (e olha que ele não é dos piores). O Parlamento espanhol acabou de destituir o governo do PP (direita) basicamente por corrupção.

Mas o Podemos entende que Lula e o PT não praticaram nada de corrupção, que o problema são as oligarquias e a quebra da democracia, quando é precisamente o contrário: aqui todos passam a ser iguais perante a lei, Lula é um criminoso e por isso está preso, depois de julgado e condenado. Ele não está preso por nenhuma questão política. Mais do que isso: Lula abriu espaço para os mais terríveis crimes contra o erário público e as empresas públicas, como a Petrobras.

A candidatura Lula está vedada pela legislação brasileira: Lei da Ficha Limpa, que foi sancionada quando Lula era presidente da República. Imaginava que estaria em segurança e não seria pego. Enganou-se. O Brasil não é e não pode ser uma “República de Bananas”, bolivariana, que o PT quer impor aos brasileiros.

O líder do Podemos deveria estudar mais o que ocorre aqui e ser democrático, ouvir (ou ler) mais do que a catilinária dos petistas e lulistas. A notícia me foi enviada pelo meu amigo Joan Del Alcàzar Garrido a quem publicamente agradeço.

 Alberto Aggio, historiador, professor titular da Unesp e diretor da FAP (Fundação Astrojido Pereira)”

Íñigo Errejón no Twitter

“Lula está todavía preso por razones políticas: porque con él libre y presentándose a las elecciones, a las oligarquías les es imposible conducir el camino de regreso al Brasil de la exclusión, de los ciudadanos de 1a y de 2a. Por eso debe quedar libre, para salvar la democracia.”

Deixe uma resposta