PARTIDO POPULAR SOCIALISTA

PORTAL NACIONAL

Eliziane Gama demonstra preocupação com alta taxa de assassinato de mulheres

Robson Gonçalves

Deputada critica redução de investimento em políticas para mulheres

A deputada federal Eliziane Gama (PPS-MA) lamentou na noite desta quarta-feira (13) o aumento do percentual de mulheres assassinadas no período entre 2006 e 2016. De acordo com dados do Ipea (Instituto de Pesquisas Econômicas Aplicadas), em uma década o número de mulheres mortas violentamente aumentou 6,4%.

Em 2016, segundo o Atlas da Violência, foram assassinadas 4.645 mulheres no país, o que representa uma taxa de 4,5 homicídios para cada 100 mil brasileiras. Em 2006, haviam sido mortas 4030 mulheres.

“São números preocupantes para o Brasil. Foi um percentual muito alto no período de 2006 a 2016. O alto índice de feminicídio se dá entre os vários elementos por conta da redução orçamentária para investimento em políticas públicas voltadas às mulheres”, disse a deputada.

Segundo a parlamentar, o país reduziu de R$ 96,5 milhões para R$ 32 milhões o valor investido nesta área.

“Não vamos reduzir a violência e a morte de mulheres, se não priorizarmos orçamentariamente  com políticas para elas”, acrescentou.

De acordo com a pesquisa, a taxa de homicídios de negros em 2016 foi duas vezes e meia superior à de não negros (40,2%, contra 16%). Especificamente a taxa de homicídios de mulheres negras foi 71% superior à de mulheres não negras.

Deixe uma resposta