PARTIDO POPULAR SOCIALISTA

PORTAL NACIONAL

Daniel Coelho vota contra aumento de cargos comissionados no governo federal

Robson Gonçalves

“Muitos falam em redução do Estado, mas no poder, só aumentam seu tamanho"

O deputado federal Daniel Coelho (PPS-PE) votou contra projetos de Lei que ampliaram ainda mais o número de cargos comissionados (que não exigem a realização de concurso público) na esfera do governo federal. Foi durante sessão do Congresso Nacional, realizada na noite desta terça-feira (15).

Uma das propostas criou 164 cargos comissionados para o recém-criado Ministério Extraordinário da Segurança Pública. Outros 67 postos foram abertos no âmbito do gabinete do interventor federal no Rio de Janeiro, general Braga Netto.

“O Brasil discute a diminuição do tamanho do estado. Se quer fazer uma estrutura para a segurança pública, o caminho dela não é a indicação política”, justificou Coelho, durante a votação da matéria.

Depois da sessão, o parlamentar voltou a criticar a criação dos cargos de livre nomeação.

“Muitos falam em redução do Estado, mas no poder, só aumentam seu tamanho. Agora a Câmara acaba de aprovar projeto que cria mais 231 cargos de livre indicação para o governo federal. Queremos menos comissionados, para termos mais professores, médicos e policiais. Meu voto foi não”, registrou o deputado pernambucano, em sua conta no Twitter.

Apesar do voto contrário de Daniel Coelho, os projetos foram aprovados por deputados e senadores.

Deixe uma resposta