PARTIDO POPULAR SOCIALISTA

PORTAL NACIONAL

Assessora de vereador do PPS de Contagem (MG) é assassinada na Câmara Municipal da cidade

A Coordenação de Mulheres do PPS de Minas Gerais e o Diretório Municipal do partido em Belo Horizonte divulgaram nota de pesar (veja abaixo) lamentando a morte de Ludimila Leandro Braga, assessora parlamentar do vereador de Contagem (MG), Jerson Braga Maia (PPS), conhecido como Caxicó. Ela foi morta a tiros, nesta quarta-feira (16), na Câmara Municipal da cidade, na Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Segundo a imprensa, após invadir o local, o suspeito, que a Polícia Militar confirma ser um policial civil, atirou em Ludimila. A polícia ainda não confirma o motivo do assassinato, mas trabalha com a hipótese de feminicídio.

“Cabe-nos diante dessa tragédia, tão próxima de nós, exigir da sociedade o combate a essa cultura de violência às mulheres”, diz o documento.

Nota de Pesar

A Coordenação de Mulheres do PPS Minas Gerais e o Diretório Municipal de Belo Horizonte manifestam seu pesar pela morte de Ludmila Braga, membro do Diretório Municipal do PPS de Contagem e filha do dirigente histórico do PPS-BH, Leandro Braga. Ludmila era assessora do vereador Caxicó, do PPS Contagem, e deixou duas filhas.

Ludmila foi cruelmente assasinada no seu local de trabalho no inicio do expediente. De acordo com informações, Ludmila estava sendo ameaçada pelo autor do crime. Este assassinato revela mais um caso de feminicídio no nosso País, que não consegue, mesmo diante de tantas campanhas e demonstração de indignação, mudar a cultura machista que envenena a sociedade.

Cabe-nos diante dessa tragédia, tão próxima de nós, exigir da sociedade o combate a essa cultura de violência às mulheres.

Sigamos nossos princípios de respeito à igualdade e de defesa da justiça que deve ser implacável nesses casos.

Enviamos nossas condolências à família e nos colocamos, lado a lado, na busca da Justiça que o caso merece.

Coordenação de Mulheres do PPS de Minas Gerais

Deixe uma resposta