PARTIDO POPULAR SOCIALISTA

PORTAL NACIONAL

Democracia está em risco no Brasil, adverte Cristovam

Agência Senado

O povo quer ter o poder de escolher as coisas pelas urnas, afirma o senador

O senador Cristovam Buarque (PPS-DF) advertiu nesta segunda-feira (9) que, se as autoridades e lideranças políticas não forem capazes de encontrar a saída do labirinto no qual o País está, é bem provável que o povo, nas próximas eleições, escolha para dirigir o país alguém que coloque em risco a via democrática.

Para ele, a Constituição de 1988 foi elaborada para fazer com que o País enfrentasse o fim da ditadura, mas não para possibilitar a construção do futuro. E com isso, o Brasil passou a viver uma era de direitos sem deveres.

E esse cenário, afirmou o senador, fez aumentar o endividamento do País e da inflação, esta última combatida pelo Plano Real e pela Lei de Responsabilidade Fiscal.

Mas a escolha pelo estímulo ao endividamento, inclusive do próprio poder público, a cultura do desperdício, a depredação do meio ambiente, a falta de investimento em educação e a continuidade de mordomias e maus exemplos dos políticos continuam a impedir o País de sair desse “labirinto”.

“O povo quer ter o poder de escolher as coisas pelas urnas. Mas quando ele sente que tem o caos, que tem uma insegurança, que as coisas não funcionam, que os dirigentes não dão os bons exemplos, o povo é capaz de abrir mão do poder de determinar as coisas pelas urnas e aceitar ser controlado pelas armas. E aí, a gente joga a culpa nos que usaram as armas. Não, a culpa é nossa, que não soubemos usar as urnas”, disse Cristovam. (Agência Senado)

Deixe uma resposta