CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

Humberto Souto assina ordem de serviço para construção de 6 escolas em Montes Claros (MG)

Juliana Peixoto/G1

Pacote de obras escolares faz parte do PAC (Programa de Aceleração do Crescimento)

O prefeito de Montes Claros (MG), Humberto Souto, do PPS, assinou nesta quarta-feira (27) ordem de serviço para a construção de seis Cimeis (Centros Municipais de Educação Infantil). As unidades se somam a quatro outras obras no mesmo modelo que já estão em andamento na cidade, além de uma que aguarda somente a liberação do governo federal.

Segundo o prefeito, as escolas irão beneficiar 2.500 famílias com o funcionamento pleno das 11 unidades educacionais. Na cerimônia de assinatura da ordem de serviço, Humberto Souto reforçou a importância do investimento na educação infantil. As 11 unidades irão beneficiar os bairros Delfino Magalhães, Jaraguá II, Nova América, Alterosa, Acácias, Jardim Olímpico, Jardim Primavera, Santa Lúcia, Carmelo e Vila Real.

“Eu tenho convicção de que a educação é um dos instrumentos importantes para você recuperar o Brasil, como um todo. E, pensando assim, eu tenho de priorizar a educação em minha administração. Esta é apenas uma demonstração do respeito que temos com educação das nossas crianças em Montes Claros. Claro que todas as demandas são importantes para a cidade, mas os investimentos na educação e na qualidade do ensino são sementes”, disse.

O pacote de obras escolares faz parte do PAC (Programa de Aceleramento e Crescimento), do governo federal, por meio do Programa Proinfância, com previsão de investimentos de R$ 22 milhões. Deste valor, 70% é do FNDE (Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação) e 30% de contrapartida do município, que inclui o terreno e a preparação da área para obra.

“As obras atendem a diversos bairros da cidade, a maioria deles sem qualquer estrutura educacional. Além deste investimento físico, estamos investindo na qualidade do ensino; queremos elevar os índices da educação no município e que as crianças tenham o melhor para o futuro delas. A verba estava disponível e nós aceleramos o processo para a comunidade ser beneficiada”, explicou o secretário de Educação, Benedito Said. (Com informações da Assessoria da Prefeitura de Montes Claros)

Deixe uma resposta