PARTIDO POPULAR SOCIALISTA

PORTAL NACIONAL

FAP e ITV debatem “desafios políticos” em seminário a partir desta quinta-feira em SP

A FAP (Fundação Astrojildo Pereira) em parceria inédita com o ITV (Instituto Teotônio Vilela) realizará, nesta quinta-feira (14) e sexta-feira (15), em São Paulo (veja a programação abaixo), o seminário internacional “Desafios políticos de um mundo em intensa transformação”, que pretende discutir temas de grande importância para o Brasil e o mundo. Como está a democracia brasileira? Qual a representatividade do cidadão? Quais as mudanças que a globalização tem causado na estrutura das sociedades? Como o mercado de trabalho mudou por conta da revolução tecnológica dos últimos anos? Como o nosso país tem sido afetado por um dos grandes males deste século: a corrupção?

O seminário terá entre seus debatedores nomes reconhecidos nacionalmente e internacionalmente, como do ex-presidente do Brasil Fernando Henrique Cardoso, Roberto Freire, deputado federal (SP) e presidente do PPS nacional e de Cristovam Buarque, senador pelo PPS-DF e presidente do Conselho Curador da FAP. O evento contará com os palestrantes Adrian Wooldridge (Coautor de A Quarta Revolução), Stefan Folster (Coautor de Riqueza Pública das Nações), Gianni Barbacetto (Coautor de Operação Mãos Limpas) e outros importantes convidados reconhecidos internacionalmente.

De acordo com André Amado, secretário executivo do seminário, o evento surgiu da necessidade de se discutir temas imprescindíveis à população, não só brasileira, mas também mundial. “O seminário buscou reunir nomes respeitáveis em diversas áreas, pois as questões atuais são de grande complexidade e exigem pessoas de alto nível para debatê-las”, avalia.

“O mundo está em repletas transformações. As garantias que tínhamos tempos atrás não existem mais. Temos liberdade de impressa, mas temos crise de democracia; temos a globalização com promessa de prosperidade, porém uma desigualdade social acentuada; temos o avanço tecnológico, contudo milhões de desempregados”, completa o secretário executivo do seminário.

Para Luiz Carlos Azedo, diretor-geral da Fundação Astrojildo Pereira, o evento se reveste de grande importância pelos temas atuais que pretende discutir, como a questão da globalização, da democracia brasileira e do combate à corrupção, com exemplos do que foi feito em outros países. “É uma oportunidade única de debater algumas das questões mais importantes da atual conjuntura política brasileira, à luz da experiência internacional”, avalia Azedo.

Temas

O seminário será divido em quatro temas. O primeiro deles, Crise de representação política e o futuro da democracia. Nesta mesa será abordada a questão da democracia brasileira: como em um país que se tem 513 deputados, 81 senadores e mais de 30 partidos pode se garantir o fortalecimento da democracia e a representatividade do cidadão?

A globalização e a mudança da estrutura das sociedades será o segundo tema em debate. Para esta discussão um dos convidados foi Caetano Araújo, sociólogo e consultor legislativo do Senado Federal. Para ele, a globalização é um processo contraditório. “Ao passo que vemos, por exemplo, o desemprego crescer na Europa e nos EUA, a crise do Estado de bem estar e o aumento de posições politicas nacionalistas e xenófobas, também vemos milhões de pessoas retiradas da pobreza na Ásia e, ao que tudo indica, na África”, informa Caetano.

O terceiro tema que será abordado será A revolução tecnológica e o mercado do trabalho. Nesta mesa será discutido, segundo André Amado, como o avanço tecnológico tem modificado as relações de trabalho e também sociais. “O avanço tecnológico tem deslocado milhões ao desemprego, ao mesmo tempo que proporcionou melhorias na qualidade de vida das pessoas e também na capacidade técnica de diversos trabalhos”, avalia o secretário-geral do seminário.

O quarto e último tema é algo bastante recorrente na vida politica brasileira: a corrupção. A temática Mãos Limpas e Lava Jato, relações de força e limites irá abordar casos de corrupção e de combate à mesma, que ocorreu na Itália e, atualmente, ocorre no Brasil. Para Alberto Aggio, historiador e dirigente da FAP, embora as duas operações em questão sejam distintas, “será importante realizar um debate esclarecedor sobre a positividade e os limites dessas operações, e ver suas relações com a democracia e a necessidade de alicerçar a coesão social em torno de ideias fundamentais, como a do bem-comum.” (Assessoria FAP – Germano Martiniano/Paulo Jacinto)

PROGRAMAÇÃO

Seminário Internacional “Desafios políticos de um mundo em intensa transformação”
Local: Hotel Maksoud Plaza, Rua São Carlos do Pinhal, 424, Bela Vista, São Paulo.
Promoção: ITV (Instituto Teotônio Vilela) e ITV (Fundação Astrojildo Pereira)
Inscrições: ITV e FAP (veja aqui)

Sessão de abertura – 14/09/2017 – 14h30

– Senador José Anibal (PSDB-SP), Presidente do Instituto Teotônio Vilela e representando o senador Tasso Jeressaiti, ´presidente interino do Partido da Social Democracia Brasileira.

– Geraldo Alkmin (PSDB-SP), governador do Estado de São Paulo

– Cristovam Buarque, senador (PPS-DF) e presidente do Conselho Curador da Fundação Astrojildo Pereira.

A reinvenção do estado democrático (15h)

– Moderador: Milton Seligman (Professor do INSPER e Global Fellow do Woodrow Wilson Center)
– Palestrantes:
. Adrian Wooldridge (co-autor de A Quarta Revolução)
. Fernando Henrique Cardoso (presidente da república de 1995 a 2002)
. Roberto Freire (Deputado Federal por São Paulo e presidente do Partido Popular Socialista – PPS)

Crise de representação política e o futuro da democracia – 14/09 – 16h30

– Moderadora: Helena Chagas (jornalista)
– Palestrantes:
. Alessandro Ferrara (filósofo, Roma2, Tor Vergata)
. José Álvaro Moisés (Professor Titular do Departamento de Ciência Política da USP)
. Marco Aurélio Nogueira (cientista político, UNESP)
. Marcus Melo (cientista político, UFPE)

A globalização e a mudança da estrutura das sociedades – 15/09 – 9h

– Moderadora: Hercídia Coelho (Professora Livre Docente História/UNESP e advogada)
– Palestrantes:
. Caetano Araújo (sociólogo, Senado Federal)
. Demétrio Magnoli (sociólogo, membro do GACINT-USP)
. Sergio Fausto (sociólogo, Fundação Fernando Henrique Cardoso),
. Stefan Folster (co-autor de Riqueza Pública das Nações).

A revolução tecnológica e o mundo do trabalho – 15/09 – 11h15

– Moderadora: Ana Paula Couto (jornalista)
– Palestrantes:
. Carlos H. Britto Cruz (físico, UNICAMP e FAPESP)
. Dora Kaufman (socióloga e pesquisadora, ATOPOS USP e TIDD PUC/SP)
. Mario Albuquerque (sociólogo e consultor, Chile)
. Mauro Magatti (sociólogo, UC de Milão, Itália)

Mãos Limpas e Lava Jato, relações de força e limites – 15/09 – 15h

– Moderadora: Denise Frossard (juíza aposentada)
– Palestrantes:
. Gianni Barbacetto (co-autor de Operação Mãos Limpas)
. Marcelo Moscogliati (Subprocurador-Geral da República
. Oscar Vilhena (Diretor da Faculdade de Direito, FGV),
. Rodrigo Chemim (Procurador do Ministério Público, Paraná).

Sessão de encerramento – Dia 15/09 – 17h

– Moderador: Luiz Carlos Azedo (jornalista, comentarista político)
– Palestrantes:
. Cristovam Buarque (Senador PPS-DF e Presidente do Conselho Curador da Fundação Astrojildo Pereira)
. José Anibal (Senador e Presidente do Instituto Teotônio Vilela).
. Lourdes Sola (cientista político, USP

Nota da redação: Texto atualizado em 11/09/2017 com a nova programação do evento