PARTIDO POPULAR SOCIALISTA

PORTAL NACIONAL

PPS vota unido pela aprovação de requerimento de urgência da reforma trabalhista

Robson Gonçalves

A bancada do PPS apresentou 17 emendas ao texto original, disse o líder

A bancada do PPS votou a favor do requerimento de urgência da reforma trabalhista (PL 6787/2016) em sessão realizada nesta quarta-feira (19) à noite. O pedido foi aprovado por 287 votos a 144. O governo garantiu que o prazo de emendas será estendido até a próxima segunda-feira (24), e também que a matéria passará por discussão e votação na comissão especial que trata do assunto. Essas eram as reivindicações do partido.

No calor dos debates, ao encaminhar a posição do PPS, o líder Arnaldo Jordy (PA) disse que era preciso separar os deputados pela intenção que tinham. “Existe aqui um grupo de deputados que não quer votar coisa alguma, que não tem interesse em debater o mérito dessas matérias relativas às reformas que o Brasil necessita fazer, no momento em que passa pela maior crise de sua história”.

A bancada do PPS apresentou 17 emendas ao texto original, disse o líder.  Segundo Jordy, a solução encontrada para votar a urgência o conforma “porque os parlamentares do PPS querem colocar as posições do partido no convencimento com o relator e com os demais pares, porque existem matérias preocupantes no texto do relator que não atende PPS”.

Prazo para emendas

Ao discursar, a deputada federal Carmen Zanotto (PPS-SC) defendeu a análise e votação da reforma pela comissão. A parlamentar também considerou necessário mais prazo para a apresentação de emendas ao projeto.

Deixe uma resposta