PARTIDO POPULAR SOCIALISTA

PORTAL NACIONAL

Humberto Souto diz que educação será prioridade em Montes Claros (MG)

Divulgação

Prefeito do PPS se compromete com ensino de qualidade

Na aula inaugural para marcar a abertura do ano letivo nas escolas da rede municipal de ensino de Montes Claros (MG), o prefeito Humberto Souto, do PPS, disse que a educação será prioridade do governo.

“A educação será priorizada para que Montes Claros mostre ao País que é possível fazer um ensino de qualidade. Temos o exemplo de vários locais do mundo que, após passarem por devastações, investiram em educação e conseguiram se reerguer ainda mais fortes. Desejo um proveitoso ano letivo aos professores e contamos com todos para fazer a grande mudança que a cidade precisa”, disse o prefeito.

O secretário de Educação, Benedito Said, falou sobre as novas metas e convidou todos os professores para uma caminhada em busca de uma educação mais humanizada. O secretário comparou um trecho do livro Manuelzão e Miguilim, do escritor Guimarães Rosa, com o processo de descoberta proporcionado pela educação, e pediu para que os educadores busquem esta proposta na sala de aula.

“No livro de Guimarães Rosa, o personagem Miguilim descobre um mundo novo quando coloca os óculos, e assim deve ser o processo da educação. Quero fazer um convite para que todos coloquem estes óculos e levem um novo universo para os seus alunos. Vamos valorizar a política da competência e valorizar o processo de humanização na educação. Tenho certeza que a partir do melhor de cada um, faremos uma educação de referência”, afirmou Said.

A diretora técnico-pedagógica da Secretaria de Educação, Elisângela Mesquita, destacou os objetivos para os próximos quatro anos.

“Temos metas simples com uma gestão baseada no alcance de fatores determinantes previstos na Lei de Diretrizes e Bases, no Plano Municipal Decenal de Educação, e nas propostas curriculares da Secretaria. Se conseguirmos atingir os objetivos traçados nestas propostas, tenho certeza que faremos uma das melhores educações do País”, disse. (Com informações da Assessoria da Prefeitura)

Deixe uma resposta