CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

Justiça federal acata denúncia do MPF e Lula se torna réu pela quarta vez; ex-zelador diz que triplex era do ex-presidente

A Justiça Federal acatou denúncia do MPF (Ministério Público Federal) contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, o filho, Luís Cláudio Lula da Silva, e dois lobistas na Operação Zelotes. A decisão foi tomada pelo juiz da 10º Vara em Brasília, Vallisney de Souza Oliveira. Os promotores susteram no pedido que o ex-presidente praticou tráfico de influência, lavagem de dinheiro e organização criminosa.

Lula e o filho são acusados de negociar e receber R$ 2,5 milhões dos lobistas Mauro Marcondes Machado e Cristina Mautoni a pretexto de influenciar a prorrogação, pelo governo federal, de incentivos fiscais a montadoras de veículos e na compra dos caças Gripen por R$ 5,4 bilhões. Segundo o MPF, entre 2013 e 2015 Lula e os lobistas afirmaram que poderiam interferir junto à então presidente Dilma Rousseff na viabilização de interesses empresariais.

Todos sabiam

Já o ex-zelador do Condomínio Solaris, no Garujá-SP, José Afonso Pinheiro, afirmou em depoimento ao juiz Sérgio Moro que todos no empreedimento sabiam que o triplex pertencia ao ex-presidente Lula. Ela disse ainda que a ex-primeira dama, Marisa Letícia, se portava como a proprietária do imóvel.

O funcionário do condomínio foi arrolado pelo MPF como testemunha de acusação na ação penal contra Lula por suposto recebeminto de R$ 3,7 milhões em propinas da empreiteira OAS. (Com informações de O Estado de S. Paulo)

Deixe uma resposta