CIDADANIA23

PORTAL NACIONAL

Delgado diz que reformas passaram “à toque de caixa”

A estratégia do Palácio do Planalto de fazer com que as reformas tributária e previdenciária tramitassem simultaneamente no Congresso Nacional desagradou o deputado federal Júlio Delgado (PPS-MG). Para ele, embora o presidente Lula tenha o mérito de aprovar, em tempo recorde, duas reformas fundamentais já no primeiro ano de governo,“elas (reformas) estão sendo votadas, praticamente, à toque de caixa pelo Senado Federal para concluir o ano legislativo”, criticou.

Na semana passada, o deputado, em pronunciamento do plenário, reclamou do relatório da reforma política, aprovado na comissão especial. “A Comissão de Constituição e Justiça dará oportunidade para que a Câmara discuta uma reforma política verdadeira”, afirmou.

“Eu espero que na discussão das outras nós possamos aprofundar mais o debate, sem prescindir da participação do principal interessado, a própria sociedade”, disse Delgado, ao defender que tanto a reforma trabalhista como a sindical devem merecer mais atenção do Congresso Nacional.

“Queremos discutir uma reforma independente da outra, sem haver o emperramento de negociação de questões diferentes, como aconteceu com as reformas tributária e previdenciária”, reclamou.

Nenhum conteúdo relacionado

Deixe uma resposta